LEGERE

Blogue sobre a educação e a formação profissional

Sexta-feira, 31 de Janeiro de 2014

Investimento no ensino e na aprendizagem ao longo da vida

Apoios à incubação de empresas, ao empreendedorismo e à aprendizagem ao longo da vida estão entre as prioridades traçadas pelo Governo para os fundos comunitários.

publicado por A Tradutora às 12:36
tags:
Terça-feira, 28 de Janeiro de 2014

Balnear islâmico único em Portugal

publicado por A Tradutora às 10:46
Terça-feira, 21 de Janeiro de 2014

Saramago no 12.º ano - parte II

O Programa de Português do Ensino Secundário já foi homologado. Parece que o romance História do Cerco de Lisboa não entra nesta versão final cedendo assim lugar à obra O Ano da Morte de Ricardo Reis de estudo obrigatório nos anos seguintes até 2019, altura em que Memorial do Convento volta a ser opção no currículo escolar.

 

O novo programa segue uma lógica temporal, sendo o 12.º o ano das obras literárias do séc. XX. O romance Memorial do Convento, apesar de ser uma obra deste século, tem uma narrativa que nos leva de volta ao séc. XVIII, num estudo que, segundo a Prof.ª Helena Buescu, já está muito trabalhado e tem imensos materiais de apoio produzidos. Assim, ao tornar O Ano da Morte de Ricardo Reis de leitura obrigatória, leva a que seja feito o mesmo trabalho a respeito daquela que é considerada pela crítica a melhor obra de Saramago.

 

Começa a parecer que há aqui interesses (para variar) e lucros para quem começar a produzir materiais para os professores lecionarem nas suas aulas...

 

Ler mais aqui.

 

 

publicado por A Tradutora às 10:39
Quinta-feira, 16 de Janeiro de 2014

A variável que mais importa: o professor

 

“Podemos fazer a diferença ao colocarmos apenas mais um ou dois alunos na sala de aula de um excelente professor. É possível que tenhamos muitos avanços a partir de mudanças relativamente pequenas”, disse Michael Hansen, um dos pesquisadores responsáveis pelo estudo, ao jornal The Atlantic. O texto da pesquisa “O tamanho certo da sala de aula: fazendo mais com os melhores” (livre tradução de Right-sizing the Classroom: Making the Most of Great) está disponível para download.

 

“O que estamos dizendo é: ‘OK, alguns alunos vão dar a sorte de pegar os melhores professores e alguns o azar de pegar os professores mais fracos. Mas ao ‘desbalancearmos’ intencionalmente o tamanho dessas salas de aula, estamos fazendo com que mais estudantes tenham sorte”, disse o pesquisador. Na mostra de estudantes e professores com a qual trabalhou, os 25% melhores professores davam aula exatamente para 25% dos alunos, numa proporção matemática com a qual não concorda. “No mundo ideal, as escolas deveriam aumentar o número de alunos pelos quais seus melhores professores se responsabilizam” (...)

 

Ler na íntegra: http://porvir.org/porpensar/variavel-mais-importa-professor/20140114

 

 

publicado por A Tradutora às 12:43
tags:
Quarta-feira, 15 de Janeiro de 2014

Muito interessante

o novo portal da educação da RTP! Sem dúvida um recurso educativo a não perder de vista: http://ensina.rtp.pt/

 

publicado por A Tradutora às 11:40
Terça-feira, 14 de Janeiro de 2014

Limite(s)!

publicado por A Tradutora às 11:16
Terça-feira, 14 de Janeiro de 2014

Faro 1540 e a sua moção de 17 de dezembro

A Associação de Defesa e Promoção do Património Ambiental e Cultural de Faro (Faro 1540) pede à Universidade de Oxford que devolva a biblioteca de D. Fernando Martins Mascarenhas, saqueada pelo conde de Essex em 1596.

Acho bem que numa altura como esta, em que estamos a ser vendidos (em saldo) aos estrangeiros (chineses), comecemos a reclamar o que é nosso por direito e que anda por aí, por vezes, e tristemente, em parte incerteza!

 

Não é este o caso que aqui divulgamos, em que se sabe onde o espólio saqueado se encontra e que volumes constituem a coleção: 65 títulos de carácter teológico e jurídico, num total de 91 volumes. Além de pedir a devolução da biblioteca do bispo – cerca de 90 volumes –, a associação solicita ainda o regresso do único exemplar conhecido daquela que será a mais antiga obra impressa em Portugal: uma versão hebraica do Pentateuco (compilação dos primeiros cinco livros da Bíblia) impressa em Faro, no ano de 1487, pelo tipógrafo judeu Samuel Gacon. O dito exemplar está hoje na British Library, a biblioteca nacional do Reino Unido, e Bruno Lage, presidente da associação farense, admite que o volume possa ter integrado o saque do conde de Essex, ainda que reconheça não existirem provas que confirmem essa hipótese.

publicado por A Tradutora às 10:40
Sexta-feira, 10 de Janeiro de 2014

Ainda há Lucerna...

http://www.lucernademecenas.blogspot.pt/

publicado por A Tradutora às 16:42
Sexta-feira, 10 de Janeiro de 2014

Saramago no 12.º ano

Apesar de o novo programa de Português para o ensino secundário (ainda não homologado) propor, no 12.º ano, o estudo de uma das seguintes obras de José Saramago: O Ano da Morte de Ricardo Reis ou História do Cerco de Lisboa, verdade é que o Memorial do Convento foi eclipsado. Miguel Real fala-nos desta(s)escolha(s) num artigo de opinião bastante pertinente, cujo título não lhe faz jus, enquanto a APP se remete ao silêncio, divulgando apenas um parecer da Associação Portuguesa de Linguística a respeito do documento do MEC.

 

publicado por A Tradutora às 10:52
Quinta-feira, 09 de Janeiro de 2014

2013: A Year of Inspiration

http://www.kiva.org/u/videos/2013_a-year-of-inspiration?utm_source=marketing&utm_medium=email&utm_term=lend&utm_campaign=2014-01-08_v1_year-in-review

publicado por A Tradutora às 13:12
Quarta-feira, 08 de Janeiro de 2014

O que pode uma língua? E o acompanhamento do estudo escolar? - Breves notas

A primeira é uma das perguntas do Colóquio "Criar em Português", promovido pela Gulbenkian, a ter lugar nos dias 27 e 28 de Janeiro, que sugere outras interessantes perguntas como "O que as artes podem fazer em português que não fariam em inglês (e vice-versa)? Como afirmar e defender o Português num contexto hostil de globalização? Como é que as diferentes linguagens artísticas se apropriam do Português e o recriam?". Consultar o programa aqui.

 

A segunda é uma das perguntas que todos fazemos e à qual todos sabemos dar resposta. Caso isso não chegue, vários são os estudos que nos comprovam que é importante que os nossos alunos sejam devidamente acompanhados, fora da escola, não só para combater o insucesso escolar, mas principalmente para reduzir a taxa de abandono escolar precoce.

Para conferir aqui a investigação levada a cabo pela Universidade de Coimbra a respeito do acompanhamento contínuo e personalizado de alunos.

Aqui, um programa criado pela EPIS (Empresários Pela Inclusão Social), para reduzir o abandono escolar em Portugal, que se revelou ser eficaz até a nível internacional.

publicado por A Tradutora às 11:35

pesquisar

 

A não perder

Janeiro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
17
18
19
20
22
23
24
25
26
27
29
30