LEGERE

Blogue sobre a educação e a formação profissional

Terça-feira, 14 de Janeiro de 2014

Faro 1540 e a sua moção de 17 de dezembro

A Associação de Defesa e Promoção do Património Ambiental e Cultural de Faro (Faro 1540) pede à Universidade de Oxford que devolva a biblioteca de D. Fernando Martins Mascarenhas, saqueada pelo conde de Essex em 1596.

Acho bem que numa altura como esta, em que estamos a ser vendidos (em saldo) aos estrangeiros (chineses), comecemos a reclamar o que é nosso por direito e que anda por aí, por vezes, e tristemente, em parte incerteza!

 

Não é este o caso que aqui divulgamos, em que se sabe onde o espólio saqueado se encontra e que volumes constituem a coleção: 65 títulos de carácter teológico e jurídico, num total de 91 volumes. Além de pedir a devolução da biblioteca do bispo – cerca de 90 volumes –, a associação solicita ainda o regresso do único exemplar conhecido daquela que será a mais antiga obra impressa em Portugal: uma versão hebraica do Pentateuco (compilação dos primeiros cinco livros da Bíblia) impressa em Faro, no ano de 1487, pelo tipógrafo judeu Samuel Gacon. O dito exemplar está hoje na British Library, a biblioteca nacional do Reino Unido, e Bruno Lage, presidente da associação farense, admite que o volume possa ter integrado o saque do conde de Essex, ainda que reconheça não existirem provas que confirmem essa hipótese.

publicado por A Tradutora às 10:40

pesquisar

 

A não perder

Janeiro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
17
18
19
20
22
23
24
25
26
27
29
30

Número de Visitas

Maukie, o Gato