LEGERE

Blogue sobre a educação e a formação profissional

Domingo, 30 de Setembro de 2012

Nuno Crato trava editoras de manuais escolares

Um despacho publicado na quinta-feira justifica a medida com a adopção de novas metas curriculares, que irá implicar "necessários ajustamentos e adaptações" tanto no que respeita ao calendário de adopções de novos manuais em 2013, quer "ao agendamento do processo de avaliação e certficação prévia" destes livros.
A suspensão abrange os novos manuais escolares que deveriam ser adoptados no ano lectivo de 2013/14 nas disciplinas de Ciências Naturais, Educação Física, Físico-Química, Geografia, História, Língua Estrangeira I e II, Tecnologias de Informação e Comunicação (ITC) e disciplina da oferta de escola do 8.º ano.
No 10.º ano ficam suspensos os processos de adopção dos novos manuais para as disciplinas de Biologia e Geologia e Física e Química A. A prorrogação do prazo de vigência dos manuais actuais aplica-se a todas disciplinas, à excepção de TIC.

(...)

O processo de avaliação dos manuais por comissões nomeadas pelo ministério foi decidido em 2006. Os livros aprovados passaram a ter um prazo de vigência de seis anos. No despacho publicado, o MEC determina também que não serão submetidos ao processo de avaliação e certificação os manuais para todas as disciplinas do 8.º e 10.º anos; para Estudo do Meio e Português do 4.º ano; para Educação Física, Educação Musical, Educação Tecnológica e Educação Visual do 6.º ano; de Português do 9.º ano.

Fonte: http://www.publico.pt/Educação/mec-suspende-adopcao-de-novos-manuais-escolares-1565020

publicado por A Tradutora às 08:06

pesquisar

 

A não perder

Setembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
15
16
18
19
20
21
25
27
28
29

Número de Visitas

Maukie, o Gato