LEGERE

Blogue sobre a educação e a formação profissional

Terça-feira, 23 de Abril de 2013

Convento do Espírito Santo - Loulé

O convento do Espírito Santo – Loulé, Algarve

 

No centro do Algarve, na cidade de Loulé, encontramos um edifício histórico cujo conjunto de remodelações e acréscimos, bem como as constantes adaptações às necessidades e situações do meio envolvente, deu azo a um espaço, no mínimo invulgar, que está identificado como um local histórico e turístico, mas é mais do que isso. É também, e principalmente, um espaço cultural e educativo.

Começou por ser, em 1684, um convento da ordem franciscana que recolhia mulheres desprotegidas.

Mais tarde, em 1693, o Convento expandiu-se, passando a utilizar também a Ermida do Espírito Santo (donde tomou o nome) e foi ampliando as suas instalações gradualmente com a anexação de casas sem regra nem forma de claustro, segundo atestam documentos disponíveis no arquivo da cidade.

Apesar de o edifício ter sofrido uma derrocada parcial aquando do terramoto de 1755, este continuou a funcionar até 1836, altura em que a implantação do Liberalismo extinguiu todas as Ordens Religiosas e, consequentemente, o Convento encerrou.

No entanto, parte das instalações foram aproveitadas para funcionamento de serviços públicos, enquanto a restante parte do Convento foi vendida em hasta pública a dois particulares.

É, pois, no âmbito do mecenato particular que este espaço recebe obras, durante as quais é acrescentado um claustro, que data da última década do séc. XVIII.

 

O Convento do Espírito Santo é, assim, um local admirável, não só pela sua história, mas também pela capacidade de sobrevivência àquilo que sabemos ser o abandono patrimonial a que estão sujeitos todos os edifícios que deixam de servir as necessidades básicas para as quais foram criados e institucionalizados.

Mais do que isso, o Convento vive, quer da atracção turística de que se reveste, quer do carácter educativo e cultural que ganhou pelas instituições que alberga.

No site da INUAF, Instituto que, nos dias de hoje, ocupa parte do Convento,  é possível encontrar a referência ao edifício enquanto local que se constituiu primordialmente como espaço de recolhimento e reflexão: “Quem frequenta hoje o edifício, sobretudo os seus claustros, não pode deixar de sentir ainda o apelo à calma, ao estudo e à reflexão que estas paredes parecem transmitir”, numa nítida analogia com uma filosofia, imagem e identidade que o instituto de ensino pretende passar à comunidade académica e local.

Este tipo de cultura organizacional que a INUAF defende com base no espaço físico que ocupa transmite-se também a nível simbólico. O traje académico da instituição utiliza o mesmo recorte, cor e capucho dos antigos hábitos clericais franciscanos numa clara homenagem a quem viveu anteriormente no local em que agora se educam outras mentes.

 

 

 

                       

Imagem 1 – Convento do Espírito Santo, Loulé

(imagem retirada do site http://www.bonplace.com/pt/places/tourist-spots.html/ipp/10/page/11)

 

 

Fontes:

http://www.inuaf-studia.pt/index.php?page=historia

http://www.cm-loule.pt/2757/convento-do-espirito-santo.aspx

publicado por A Tradutora às 11:25

pesquisar

 

A não perder

Abril 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
24
25
26
27
28
29

Número de Visitas

Maukie, o Gato